Mulher sozinha na balada é sinal quase certo de que está solteira. Prestou atenção no “quase”? Sim, QUASE.

Falo isso porque eu sei que tem muito marmanjo que já quebrou a cara por tentar paquerar uma garota e acabou descobrindo que ela era comprometida.

Há sinais básicos para entender se a garota está livre, leve e solta na noite, ou se ela só está aproveitando o “vale night” que ganhou do namorado para curtir uma festa com as amigas. Preste atenção:

Algumas dicas para saber que ela não está disponível

1 – Aliança:

Uma coisa que toda mulher é ligada, mas que nós, homens, nunca percebemos. Veja se ela tem um anel no dedo anelar de qualquer uma das mãos. Se tiver, mude o alvo e escolha aquela que estiver realmente livre.

2 – Comportamento:

A garota tá na pista ao lado das amigas, dançando como se não houvesse amanhã. Mas ela não olhou para nenhum cara. Nenhum!

Tudo o que ela fez a noite toda foi se divertir com as amigas. Se perceber que a vibe dela é só aproveitar a noite, só recomendo que se aproxime se já estiver feito meus cursos de abordagem e paquera.

Ela pode até estar solteira, mas não vai facilitar pra você, ainda mais se ela e as amigas forem muito gatas e já tiverem dispensado alguns caras na noite.

3 – Celular:

Mesmo rodeada de amigas, ela não desgruda do celular. Fica digitando mensagens sem parar e nem presta atenção no que está rolando ao seu redor.

Bicho, ela pode estar tretando com o namorado ou curtindo um cara que não está lá. O fato é que a atenção dela está dizendo a você que ela não ta a fim de jogo.

Como saber se a abordagem vai rolar fora da balada

– No trabalho

A colega do escritório não usa aliança, mas é super reservada, o que te deixa em dúvida.

O primeiro passo é se aproximar e puxar um papo descontraído sobre relacionamento para saber se ela está comprometida. Exemplo:

– Nossa, que dia lindo! Perfeito pra curtir uma praia bem acompanhado, né não?

Se ela tiver namorado, vai entrar na sua onda falando que sim e você pode complementar para confirmar:

– Você costuma fazer esses programas a dois? Eu curto muito.

Ela poderá dizer que não ou que sim, mas não ficará só nisso e dará informações sobre sua vida amorosa, pois você disse algo sobre você “Eu curto muito”.

Se ela cortar você ou te tirar pra amiguinho contando sobre casos amorosos, é hora de partir pra outra tática: fugir da friendzone!

Mas essa eu vou ter que te ensinar outro dia, pois preciso de mais tempo e aqui ainda não terminamos (anote aí e me cobre se eu não voltar a falar no assunto).

– Na rua

Abordar desconhecidas na rua é algo que você só vai fazer quando sentir mais segurança do retorno dela, mas ao mesmo tempo tem uma vantagem: você pode usar muitos assuntos aleatórios para se aproximar e descobrir se ela está disponível.

Exemplo:

– Oi! Estou procurando a rua tal, você sabe onde fica?

Ela vai te responder e você pode frisar:

– É a rua daquela balada… A balada tal.

Se ela confirmar que conhece, você sorri e comenta:

– Legal lá né, vc costuma ir? Eu vou direto.

Repare que você falou algo sobre você, isso dará mais segurança para que ela responda de forma sincera.

Se ela disser que não frequenta, você pode continuar o assunto perguntando se ela prefere outro tipo de lugar. Comente que você vai a determinado bar para encorajar o papo.

Se ela disser que vai, você continua a conversa perguntando se ela vai no dia tal, que você vai levar um amigo de fora e que a noite promete ser ótima.

Para finalizar o papo, você confirma como faz para chegar até a tal rua e entrega seu celular destravado pra ela, pedindo que ela marque seu número do whatsapp para combinarem a próxima balada.

– Na faculdade

O processo é parecido com o do trabalho, com a vantagem que você pode ter outros argumentos e mais flexibilidade do que teria no ambiente profissional.

Exemplo:

– Oi! Ia te perguntar um lance da aula passada, mas não lembro se você ficou até o final.

Ela vai perguntar qual aula ou vai responder se ficou ou não. Daí por diante você pode comentar:

– Eu tive que sair, não tava mais rolando de tanto cansaço… Como você tem esse pique todo, me conta sua fórmula secreta.

Daí por diante leve o assunto para as saídas nos fins de semana e festas da faculdade, logo você sentirá se ela tem ânimo para a conversa ou logo fala que é comprometida.

Dica Quente: Aprenda passo a passo como a forma mais infalível de abordar uma mulher

Sacou irmão? Você pode conseguir qualquer informação da garota se tiver paciência e conduzir o assunto sem perguntar diretamente se ela tem namorado.

Essa pergunta não cai bem, pois se ela não estiver completamente aberta para a abordagem, pode ser que se feche nesse momento justamente por você ter perguntado algo tão específico.

Sobre o Autor

Santo Papo

Criador do Santo Papo e da franquia de treinamentos Guerra da Sedução, Marcel Kume já ajudou dezenas de milhares de homens de todo o mundo a ter uma vida amorosa plena e feliz, atuando como Coach de Relacionamentos. Hoje conta com o maior canal do Youtube brasileiro com o tema conquista e sedução de mulheres e já conta com mais de 270 mil inscritos.