Ontem, depois de umas cervejas, um amigo veio me contar que tinha muita dificuldade em pegar mulher me balada.

– Como assim não consegue pegar ninguém na balada? Balada serve pra isso! – Pensei…

Mas claro que não falei desse jeito, pois não queria desmotivá-lo, né irmão? Estamos todos juntos nessa e na real eu não tenho essa convicção à toa…

Foram anos de muita pesquisa, estudos e treinamento até poder tirar onda na balada.

Na verdade, preferi pedir pra ele me contar direitinho como estava fazendo, quais técnicas estava usando com as mulheres e por quanto tempo fazia isso.

Depois que ele me contou tudo, eu descobri que ele estava cometendo dois erros básicos – se liga aí e veja se você também não está fazendo o mesmo:

  1. Estava indo na balada errada para pegar o tipo de mulher que ele queria.
  2. Não estava ajustando suas expectativas com a realidade do lugar.

Se você se identificou com o meu amigo, fica tranquilo: hoje é seu dia de sorte. Eu vou te ensinar como fazer pra ir à balada certa pra conhecer e conquistar mulheres.

Classificação de baladas x pegação

1 – Nível básico

Baladas:

– Forró universitário

– Samba e pagode

– Baile funk

– Sertanejo universitário

São baladas onde as mulheres em geral estão propensas à pegação.

Se você é tímido ou tem pouca experiência na conquista, vale super a pena garantir algumas paqueras arranjadas – ou seja, daquelas em que você não precisa fazer muito esforço pra descolar uma gata.

Brother, se você ainda está no nível zero de pegação, indico começar com as feias. Mas isso não quer dizer que você não vai conseguir pegar mulher bonita, porque isso é bem possível também.

Veja outras razões pra ir de nível básico:

– Já tem um clima mais sexual;

– Tem pretexto pra dançar colado;

– Até as letras das músicas ajudam hehe;

Além disso, as gatas costumam ir em bando. E com um grupo de amigas, aumentam suas chances de ficar com uma mulher.

2 – Nível médio

Baladas:

 – Eletrônicaa

– Hip Hop

– Pop

– Rock

Cara, nesse tipo de balada você vai ver muita mulher gata. Porém, isso não quer dizer que você vai conseguir ficar com qualquer uma.

Aqui vai ter que fazer valer minhas técnicas que já ensinei em outros textos e que sempre ensino a vocês nos meus melhores cursos.

Sem contar que a gata que frequenta esse tipo de lugar onde as músicas não são muito comerciais pode estar lá apenas por ser amante do som.

E você, curte essas músicas? Entende do assunto pelo menos o suficiente pra puxar um papo?

Se você quer encarar o nível médio é bom pesquisar um pouco. Falar sobre as técnicas do DJ tal, sobre uma balada louca que você foi, sobre bandas de rock, etc.

O ponto positivo desse tipo de lugar é que as mulheres que os frequentam geralmente são modernas e descoladas, e isso significa que elas estão mais abertas à curtição.

3 – Nível hard

Baladas:

– Bar de MPB

– Dança de salão

– O Point do momento

As gatas que frequentam esses lugares normalmente já vão acompanhadas, o que torna a paquera mais difícil.

Uma dica básica para saber se a gata ta afim é o olhar. Se a gata sustentar seu olhar, suas chances de chegar nela são maiores. Esse é o momento de oferecer uma bebida e puxar papo.

Já falei que as mais difíceis são as mais gatas? Pois é, isso não é lenda, é real! Além de gatas, elas são mais sofisticadas, inteligentes, curtem um cara que seja realmente interessante.

Você vai ter que lançar mão de todas as minhas técnicas para se diferenciar dos outros, sacou?

O importante é ter em mente que o nível hard pode ser a melhor opção pra encontrar uma mulher com quem você queira ter um relacionamento… Mas isso é assunto pra outro post.

Cara, depois de detectar seu nível, acho que vai ficar mais fácil investir na garota ideal para você, né não?

Agora é se preparar: leia meus textos sobre como se arrumar pra balada e como ficar atraente para as mulheres e curta muito.

Agora que você ja sabe qual o tipo de balada deve ir, como esta sua lábia para abordar?

Descubra os segredos de uma conversa magnética e atraia qualquer mulher com a sua lábia.

SIM! QUERO DESCOBRIR AGORA MESMO!

Sobre o Autor

Santo Papo

Criador do Santo Papo e da franquia de treinamentos Guerra da Sedução, Marcel Kume já ajudou dezenas de milhares de homens de todo o mundo a ter uma vida amorosa plena e feliz, atuando como Coach de Relacionamentos. Hoje conta com o maior canal do Youtube brasileiro com o tema conquista e sedução de mulheres e já conta com mais de 270 mil inscritos.